Você está aqui
Home > Segmentos > As comunidades e seu potencial para o turismo

As comunidades e seu potencial para o turismo

Belas vistas, localização privilegiada e infraestrutura satisfatória. A favela é também sinônimo de destino turístico, que apresenta preparo para receber os visitantes. No Estado do Rio de Janeiro, milhares de viajantes as têm como destino de hospedagem e passeios.

Os números colhidos no Morro Santa Marta (Rio de Janeiro) trazem um recorte deste nicho de turismo, que está em ascensão. Os estrangeiros têm sua curiosidade despertada e buscam compreender a rotina de um dos maiores fenômenos populacionais do Brasil: os morros cariocas. Alguns pontos chamam a atenção desses turistas e merecem destaque.

  • Hospedagem e alimentação apresentam valores mais baixos;
  • Das lajes se aprecia uma paisagem privilegiada;
  • Grande diversidade cultural vivenciada nos morros;
  • A comunidade tem oportunidade de comandar as iniciativas turísticas, gerando renda que pode ser revertida para ela própria.

Conhecidos também como tours sociais, os passeios em favelas foram realizados pela primeira vez no ano de 1992, quando um grupo de participantes de um congresso internacional pediu para visitar o morro da rocinha (Rio de Janeiro). Percebendo o interesse dos turistas estrangeiros, as agências de receptivo viram o potencial existente neste nicho, e passaram a explorá-lo.

A primeira comunidade a contar com uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), Santa Marta recebe milhares de turistas todos os anos. Possui também diferentes pontos de visitação. O mais popular é a laje do Michael Jackson, onde o cantor gravou parte do clipe “They don’t care about us”.

Considerada uma das maiores favelas da América Latina, a rocinha atrai turistas durante todo o ano. As visitas são realizadas antes mesmo da pacificação da comunidade (feita em 2011). O passeio pelas ladeiras do morro pode ser feito de carro, moto ou a pé. A vista proporcionada nas lajes das residências é outro atrativo. Do alto do morro, é possível avistar pontos turísticos da cidade, como o Cristo Redentor.

O Morro do Cantagalo é uma comunidade que conta com uma UPP desde 2009, está localizada em uma das áreas mais nobres da cidade. Possui vista privilegiada para a Lagoa Rodrigo de Freitas e as praias do Leblon e Ipanema. Próxima ao centro beneficia o acesso aos locais considerados polos de cultura e história da cidade.

Ações recomendadas:

Os empreendedores do setor devem estar atentos às oportunidades geradas nas comunidades cariocas. Com um grande número de moradores, o local recebe também muitos turistas. Além disso, alguns aspectos podem ser usados a favor do negócio, como o fator localização e a possibilidade de baratear os custos dos produtos e serviços.

Conheça a realidade das comunidades pacificadas e quais características podem ser potencializadas no momento de construir os roteiros turísticos;

Respeite a rotina dos moradores e alinhe as propostas de forma que valorize os destinos e a cultura local;

Conte com os serviços de guias que conheçam a rotina das comunidades. Muitos moradores já buscam sua profissionalização e formalização no setor de turismo.

Ainda há muitos entraves para viabilizar de forma satisfatória o turismo nas comunidades. Mas os moradores e empreendedores já estão conscientes do potencial existente, o que pode ser considerado um grande passo.

Até o próximo post!

Paz, Saúde e Sucesso Sempre!

facebook-profile-picture
Antonio Moreno
"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011
http://www.tradeclubenetwork.com

Deixe uma resposta

Top