Você está aqui
Home > Carreira > Criando a sua Autoridade junto ao Mercado Turístico – Parte 2

Criando a sua Autoridade junto ao Mercado Turístico – Parte 2

Se você ainda não tem a noção do seu posicionamento no mercado de turismo, já passou da hora para começar a criar uma imagem de uma verdadeira autoridade em consultoria e assessoria em viagens. Concorda?

Como falei no artigo anterior Criando a sua Autoridade junto ao Mercado Turístico – Parte 1, hoje você vai saber sobre as Regras de Ouro do Atendimento, porque criar a sua marca (Posicionamento e Autoridade) dependerá de suas atitudes perante a Internet, aos consumidores e ao trade turístico.

A capacidade para conciliar situações, necessidades e experiências é essencial no trabalho do dia a dia do agente de viagens. Saber e decidir o que oferecer ao consumidor e contratar os diferentes serviços que fazem parte de um roteiro é como resolver uma equação com uma infinidade de fatores. Portanto, a sua criatividade em encontrar soluções para os problemas, sejam eles quais forem, deve ser exercitada e desenvolvida todos os dias.

A divulgação espontânea e positiva que os consumidores fazem de um produto ou serviço turístico é o que chamamos de o famoso ‘boca-a-boca’. Normalmente, os consumidores transmitem a satisfação da viagem para parentes, amigos, colegas de trabalho, e esses poderão se tornar seus futuros clientes. Mas, essa plena satisfação não é muito fácil de atingir, pois dependemos muito dos serviços de terceiros, como por exemplo: um receptivo contratado e, por algum motivo, não cumpre o prometido será o suficiente para que o consumidor reclame e não goste da viagem.

Sempre haverá situações que fogem ao nosso controle e que levarão à insatisfação do consumidor. Portanto, as falhas devem ser resolvidas o mais rápido possível demonstrando eficiência e profissionalismo. Ignorar um problema é um erro gravíssimo. Devemos oferecer toda a ajuda possível ao nosso viajante, minimizando os efeitos desagradáveis. O planejamento do roteiro e a qualidade e profissionalismo do seu atendimento (seja em qualquer situação) devem sempre destacar a segurança e a comodidade do consumidor.

Muitos consumidores se vangloriam por conseguir férias baratas com um preço justo. Mas, o que realmente significa ‘preço justo’? Pense… Viagem não é um produto qualquer. Viagem é um investimento, é um projeto de vida, é a realização de um sonho. Saber com quem o consumidor vai poder contar a qualquer momento, em qualquer lugar, não tem preço. Saber a quem reclamar, sem esperar horas no telefone e sem ser transferido 10 vezes, também não tem preço. Saber que pode contar com alguém que é um profissional e um verdadeiro especialista que vai orientá-lo na concretização de sua viagem dos sonhos e irá livrá-lo de verdadeiras furadas evitando experiências negativas, também, não tem preço.

Então, agente de viagens, antes de dar um desconto ou alterar ou cortar partes do roteiro (a não ser que, o consumidor queira), pense duas vezes. E conscientize o consumidor sobre o seu valor e o valor agregado que ele está comprando junto com a sua viagem.

Estar bem informado sobre a história, geografia, cultura, costumes da população e a vocação turística dos locais que se quer transformar em produto de venda é uma condição obrigatória para começar o seu trabalho… Mas, esse assunto ficará para o próximo post… Até lá…

Convido você, agente de viagens, para participar dessa jornada. Sua opinião, suas ideias serão muito bem-vindas para que juntos possamos debater as melhores soluções para, definitivamente, mostrarmos a importância de nossa posição perante o consumidor e ao mercado de turismo.

facebook-profile-picture
Antonio Moreno
"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011
http://www.tradeclubenetwork.com

One thought on “Criando a sua Autoridade junto ao Mercado Turístico – Parte 2

Deixe uma resposta

Top