Dicas sobre a Copa das Confederações 2013 – Fortaleza

for

Faz tempo que Fortaleza firmou-se como um grande polo turístico do Nordeste. A capital do Ceará oferece de bandeja aos visitantes – bandeja decorada com toalhinha de renda – boa parte dos ingredientes dispensáveis para férias divertidas na costa brasileira: sol, calor humano, vista para o mar, rede hoteleira eficiente e um listão de atrações culturais em museus e casas de espetáculos.

O ponto alto é a vida noturna, animada de segunda a domingo. O forró toma os palcos e as pistas de megadanceterias, mas também a MPB, o samba, o rock, o pagode e a música eletrônica sacodem o corpo, bronzeado ou não, de moradores e visitantes.

Atrativos turísticos da capital

Um mistura interessante: praias paradisíacas numa cidade grande, moderna e agitada. Além dos atrativos culturais, a movimentação noturna embalada pelo ritmo do forró, a capital cearense é conhecida também por ser o principal palco do humor brasileiro.

Distante cerca de dez quilômetros de Mucuripe, a praia do Futuro parece um mundo à parte, onde os prédios baixos deixam ver o céu por todos os lados. O lugar ganhou fama graças ao conforto high-tech de suas barracas de praia, verdadeiros complexos de lazer pé-na-areia, com piscinas, gazebos, redes, salas de massagem e terapias estéticas, lan house, brinquedos infantis, casas de show e grandes restaurantes. É também dos pontos mais indicados e menos poluídos para, enfim, mergulhar no mar azul da Capital. E ficar boiando, já que a água ali é bem salobra.

De volta a região central, merecem visita, já nas primeiras horas da viagem, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e o Theatro José de Alencar. Ambos homenageiam cearenses ilustres no nome. Chamar de dragão o jangadeiro Francisco José do Nascimento não é exagero: em 1881, sete anos antes da Lei Áurea, ele conseguiu paralisar o tráfico de escravos no litoral e virou herói abolicionista. O centro cultural tem áreas nobres para exposições de artes visuais, o Memorial da Cultura Cesarense e o Museu de Arte Contemporânea, e também auditórios e espaços ao ar livre para apresentações de música, teatro, capoeira e malabares.

Diante da praça José de Alencar, o Theatro José de Alencar completa 100 anos em 2010. É uma relíquia da arquitetura de ferro que se deixa conhecer por meio de visitas guiadas, durante o dia, e espetáculos diurnos e noturnos. Nome importante do romantismo, Alencar criou Iracema, Ubirajara e tantos outros personagens indígenas que trouxeram um pouco das florestas brasileiras para a literatura do século 19. A casa onde nasceu o escritor também está aberta para visitação, num sítio longe do Centro, em Messejana.

for1

Num Estado com 573 km de litoral e todos os tipos de praias, das urbanas às desertas, os peixes e frutos do mar são o carro-chefe da culinária. O Ceará exporta lagostas, cuja exploração em grande escala chega a ameaçar a reprodução do crustáceo. O caranguejo merece até uma data especial da semana para o seu consumo: a quinta-feira, “Noite da Caranguejada” na Praia do Futuro e em outros pontos da cidade. Os cardápios sempre trazem versões de siri e entre os peixes mais servidos estão o pargo, o robalo e o badejo. Frutas típicas como caju e ingredientes do sertão como carne-de-sol, cabrito e macaxeira também ajudam a compor as receitas litorâneas, com resultados surpreendentes. Turistas em busca de emoções fortes podem experimentar um tipo exótico de tapioca que mistura carne-de-sol desfiada com farelo de rapadura.

Um dos destaques do estado é a cidade de Jijoca de Jericoacoara, localizada a 313 quilômetros da capital, Fortaleza. Ela já foi considerada uma das dez praias mais lindas do mundo pelo jornal americano The New York Times e impressiona pelas belíssimas dunas de areia e lagoas, que são símbolos daquela região. Lá você pode optar por alugar um buggy com guia para conhecer melhor as inúmeras dunas ao redor da praia. O motorista certamente irá perguntar se o passeio será “com ou sem emoção”. Se você optar pela emoção, o passeio será mais agitado e com muitas manobras radicais.

Em Jericoacoara também é possível praticar windsurf, surf, rally, trekking e passeios de buggy. O sandboard é outra mania que vem ganhando espaço nas dunas do local. Com cerca de 15 mil habitantes, a aparência de vila de pescadores esconde a infraestrutura que tem sido desenvolvida ao longo dos últimos anos e nada deixa a desejar aos visitantes.

A Pedra Furada é um dos ícones do local. À noite, o forró, o reggae e a música eletrônica invadem as ruas da vila, uma boa dica para quem gosta de agitação e música ao vivo. O clima ameno, a temperatura da água e o sol sempre brilhando, são condições especiais que o turista encontra nessa região.

Conhecida no mundo todo pelo símbolo estampado em sua muralha de falésias avermelhadas – uma meia lua e uma estrela -, a praia de Canoa Quebrada, no litoral leste do Ceará, encanta os olhos do turista por suas extensas dunas de areias brancas e um mar calmo de águas verdes.

for2

Localizada no município de Aracati (170 km de Fortaleza), a praia de Canoa Quebrada está diferente daquela pequena vila de pescadores frequentada pelo hippies no começo dos anos 70. Hoje, mais “moderno”, o distrito está plugado no mundo. Possui restaurantes de cozinha internacional, bons hotéis, pousadas, bares e até acesso a internet, mesmo que por ondas de rádio.

Com 365 dias de sol banhando suas águas, Canoa Quebrada oferece diversas opções de lazer aos turistas. Quem prefere a tranquilidade do dia pode se deliciar num passeio de bugue, parapente, jangada ou saborear a culinária regional em uma das diversas barracas à beira-mar. Já para quem gosta do agito, a noite reserva várias opções para dançar, beber, comer ou simplesmente jogar uma conversa fora. Nos bares, a trilha musical vai do reggae ao forró, passando pela música eletrônica. A badalação acontece na Broadway, principal rua do vilarejo e onde se concentra todo o burburinho noturno.

Partidas

A primeira partida de Fortaleza terá o Brasil em campo, no dia 19 de junho, quarta-feira, às 16 horas, contra o México. O jogo é válido pela segunda rodada do Grupo A. O próximo jogo no Castelão será entre a Espanha, atual campeã do mundo, e a Nigéria, que venceu a Copa Africana de Nações em fevereiro de 2013. As duas equipes são do grupo B e disputam a rodada decisiva da fase de grupos no domingo, 23 de junho, também às 16 horas. A capital cearense vai sediar a semifinal agendada para o dia 27 de junho, às 16 horas. Jogará o vencedor do grupo B contra o segundo lugar do grupo A. Sendo assim, o Brasil pode voltar a entrar em campo em Fortaleza caso se classifique como segundo de seu grupo.

Infraestrutura

Fortaleza receberá nove empreendimentos em sua preparação para a Copa. As obras somam R$ 1,579 bilhão, dos quais R$ 761,3 milhões financiados pelo governo federal, R$ 319,3 milhões de recursos locais e R$ 498,8 milhões de recursos federais diretos. Serão seis obras de mobilidade urbana: quatro Bus Rapid Transit (BRTs), uma de Veículo Leve sobre trilhos (VLT) e uma de metrô, com investimento total de R$ 562 milhões, sendo R$ 410 milhões financiamento federal.

A linha de VLT Parangaba Mucuripe fará a ligação entre o setor hoteleiro da orla marítima e o centro de Fortaleza. Ao todo, serão 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado. O ramal passará por 22 bairros da cidade. A estimativa é de que beneficie 90 mil passageiros por dia e seja concluída em 2013.

No metrô, a Linha Sul ganhará as estações Juscelino Kubitschek e Padre Cícero. Ao todo, o complexo terá 20 estações e 24 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,8 km de subterrâneo e 2,2 km em elevado. Serão transportadas cerca de  350 mil pessoas por dia na primeira etapa, com integração com outros modais. A previsão é de que as duas novas estações sejam inauguradas em 2013.

O aeroporto terá obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros, com investimento de R$ 350 milhões. Com isso, a capacidade passaria de 6,2 milhões de passageiros por ano para 8,6 milhões, o que representa um aumento de 39%.

O Porto de Mucuripe também será reformado, a um custo de R$ 149 milhões, e previsão de entrega para novembro de 2013. A obra contempla a construção de um novo cais, estação de passageiros com espaço de 9 mil metros quadrados para check-in e check-out, lojas de conveniência, espaço para bagagens, restaurantes e órgãos intervenientes, estacionamento para ônibus e automóveis, além de uma retro-área para armazenagem de contêineres com área de 40 mil metros quadrados, configurando o equipamento como um terminal de múltiplo uso.

Para maiores informações:

Secretaria de Turismo de Fortaleza

Fonte: Folha do Turismo – março/abril – 2013

facebook-profile-picture

Acredito que qualquer pessoa tem a capacidade de realizar seus sonhos. Para isso, é preciso buscar informação e orientação. Esse é o meu foco principal. Ajudar os que procuram, através da capacitação, o seu desenvolvimento profissional e empresarial para alcançar os seus objetivos.

Deixe uma resposta