Você está aqui
Home > Gestão > Novos negócios no setor de agenciamento

Novos negócios no setor de agenciamento

Buscando atender a demanda do novo perfil do consumidor, as agências de viagens estão se reinventando.

Os empresários devem ter muita atenção e capacidade de adaptação para que a operação de uma agência de viagens esteja inserida nessas mudanças e preserve seu diferencial competitivo.

O consumidor de turismo está empoderado pela utilização das tecnologias, e hoje, ele busca maior personalização e experiências em seu roteiro de viagem. Desta forma, as agências de viagens têm que mudar o padrão massivo para o exclusivo.

Com a exclusividade exigida pelos consumidores/clientes, muitas agências de viagens estão preferindo a especialização em determinados segmentos. Só para conferir, em 2015, o turismo de destino de casamento (Destination Wedding) representou 20% do faturamento de algumas agências de viagens. Outro exemplo, o turismo para jogadores de pôquer movimentou 4 milhões de pessoas ao redor do mundo.

Muitas agências de viagens estão se preocupando mais com o relacionamento a médio e longo prazos com os consumidores/clientes do que em realizar ações de curto prazo. É preciso estar atendo às mudanças no comportamento do consumidor, pois: eles possuem mais informações; as redes sociais influenciam suas decisões; estão surgindo novas necessidades; é grande o número de produtos e serviços existentes e sempre surge algo inovador, que desperta o interesse das pessoas para experimentar novos produtos e serviços.

Confira algumas tendências:

Nouveau Niche (em francês, “novo nicho”): pessoas que preferem fazer parte de pequenos e seletos grupos, com experiências exclusivas no turismo.

Statusphere (termo em inglês para denominar esfera de status): não no sentido de luxo, mas reconhecimento social. Colaborar com a sociedade ou ampliar sua rede de conectividade.

Newism (o novo): cliente que gosta de novidades e as compartilha nas redes sociais.

Infolust (informação luxúria): consumidores ávidos por informações da internet, que costumam ser úteis para o melhor aproveitamento do passeio.

No relacionamento com o consumidor/cliente é importante ficar atendo e descobrir o que o comprador considera vantajoso. Para isso é necessário construir um relacionamento contínuo e duradouro. E para aumentar sua carteira de clientes é importante localizar prospects (clientes potenciais) que se assemelham aos que já são atendidos pela agência a fim de direcionar ações exclusivas e conseguir captá-los.

Muitos consumidores/clientes têm buscado viagens mais sensoriais, não só de observação, pois já viajaram para diversos lugares e conhecem os pontos turísticos tradicionais. Esse tipo de viajante está em busca de novas experiências. Deseja tours que possam ser montados ou adaptados segundo a sua preferência e gosto. Escolhe o que deseja conhecer, como exemplo caminhadas culturais que passem por ruas e lugares fora do tradicional.

Esse trabalho visa garantir experiências únicas e inigualáveis. Para montar um roteiro exclusivo é necessário realizar um trabalho de pesquisa com o consumidor/cliente para saber desde o tipo de acomodação que ele prefere até que tipo de programa está buscando. Para isso é importante considerar o tempo de estadia, tipos de transporte e hospedagem requisitados para elaborar um pacote com o perfil do cliente e seus desejos.

Existem pessoas que não ligam para hospedagem cara, mas querem bons restaurantes. Outros só aceitam hotéis cinco estrelas e não ligam para a gastronomia. Montar pacotes temáticos fechados e tours individuais que se adaptam ao turista, seja referente ao paladar, ao seu tipo de conhecimento literário e/ou histórico, ou em buscas de novas emoções e conhecimentos, que incluam atividades que ele tenha disposição para fazer (caminhadas, passeios de bicicleta, passeios de transportes, entre outros), pode ser um novo negócio que sua agência de viagens precisará se adequar para atender clientes mais exigentes.

Ouvir o cliente e interagir com ele ajuda a realizar sonhos, e é importante satisfazê-lo de forma funcional e emocional. Saber encantar o cliente é o grande passo para que o mesmo torne-se leal a sua marca.

Confira alguns exemplos de pacotes personalizados: viagem voltada à prática de tênis pela França, à enologia pela Argentina, para participar de maratona num determinado país e fazer outras atividades interligadas, como trilhas, caminhadas, escaladas etc; e roteiros literários para conhecer obras de autores como Fernando Pessoa, Drummond de Andrade, com o intuito de adentrar as obras de forma sensorial, um jeito emocionante de ver os lugares retratados na literatura ao vivo e/ou para quem não conhece se introduzir as obras.

Economia compartilhada no turismo
O conceito de economia compartilhada começou a ser difundido em meados de 2008, com uma mudança no modelo econômico, quando foi rompido o modelo de extremo consumismo e as pessoas começaram a dividir recursos, a fim de garantir a preservação ambiental e diminuir a crise econômica global. As tecnologias e redes sociais tiveram um papel fundamental para disseminar novas práticas de consumo e aproximar as pessoas dessa nova realidade.

Essa nova tendência de consumo repercute no setor de turismo, promovendo um compartilhamento de serviços, que antes eram contratados com exclusividade. Também promove a inclusão digital nas operações de compras, que agora podem ser feitas por meios eletrônicos e/ou aplicativos móveis.

Compartilhamento de hospedagens
O mercado disponibiliza plataformas digitais consolidadas, que favorecem o compartilhamento de locais para o turista se hospedar, desde os cômodos de uma casa, locação temporária ou troca de residências. A vantagem vista pelo turista é de economia no bolso, além de enriquecimento cultural, por meio dos hábitos e costumes locais.

Aluguel de espaço na mala
A proposta é de locação de espaço na mala de uma outra pessoa para que ela traga algum produto adquirido no país de onde está voltando. Um exemplo de empresa que trabalha com essa proposta é o Cabe na Mala.

Experiência gastronômica
Chefs podem oferecer uma experiência gastronômica por preços acessíveis e em lugares turísticos. Assim, o turista pode aliar o passeio a um incrível jantar. Um exemplo de empresa que disponibiliza esse serviço é Eatwith.

Caronas
Aplicativos móveis que unem motoristas e caroneiros que pretendem ir para a mesma direção. Fique atento! Utilize ou faça parcerias com empresas regulamentadas em sua região.

Hotéis chiques
Os Poshtels (hostels sofisticados) são um novo conceito de hospedagem, que busca aliar preços mais acessíveis ao ambiente aconchegante e acolhedor que o hostel proporciona. O hostel proporciona ao visitante o compartilhamento de cômodos, como cozinha, sala de estar e até banheiros. Dessa maneira, os hóspedes passam a interagir mais por um preço menor. Estas são as vantagens proporcionadas pelo compartilhamento.

Poshtels
A versão chique dos hostels traz em seu conceito um maior conforto. A hospedagem pode disponibilizar roupa de cama e colchões de maior qualidade, ar-condicionado e banheiros exclusivos.

Diferenciais

A decoração é outro ponto de destaque: os quartos podem ser temáticos, de acordo com a cidade turística. As camas podem contar com luzes de led, armário com chave individual e cortinas individualizadas por cama, para garantir maior privacidade no espaço.

Uma boa dica que pode ser potencializada pelas agências de viagens é a parceria com os empresários dos poshtels, para oferecer pacotes de viagem com esses serviços inter-relacionados.

Portanto a atualização é imprescindível para os empresários das agências de viagens. Procure participar de eventos e capacitações do setor, pois além de conhecer tendências e informações de mercado, há a possibilidade de um networking com profissionais e outros empresários que poderão contribuir para eventuais parcerias e novos negócios.

Lembre-se, você também pode contar com a nossa Consultoria e Assessoria para inovar em seu negócio. Caso necessite de auxílio para executar ações e aproveitar oportunidades, entre em contato conosco.

facebook-profile-picture
Antonio Moreno
"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011
http://www.tradeclubenetwork.com

Deixe uma resposta

Top