Você está aqui
Home > Pesquisas > Tendências do Turismo – Agenciamento

Tendências do Turismo – Agenciamento

Você já percebeu que vender passagens, produtos e serviços turísticos, não é mais suficiente e, não garante mais clientes dentro de sua loja, seja ela física ou online? Com a consolidação do uso da tecnologia para a venda de viagens e toda a demanda de informações e ofertas disponíveis para os consumidores, você não acha que já passou da hora de você aprender a mudar, engajar e transformar a sua agência de viagens? 

Com certeza já há perdas, mas se você não tentar, o prejuízo pode ser bem maior. O que você faz e poderia ou deveria fazer para estar mais próximo e ser mais útil ao seu cliente? Você sabe o que passa dentro da cabeça de seu cliente? O que ele quer encontrar na sua agência? O que você pode oferecer para melhorar o seu relacionamento com ele? Como ele fala com você? E você, como fala com ele?

Pois é, grande desafio!  Então, já está na hora de começar a rever os seus conceitos, não ficar parado e fazer mais do que se tem realizado. O consumidor atual está buscando nas empresas, qualidade, diversidade e, tudo isso, em um ambiente totalmente seguro. Então, o que fazer para engajar o consumidor?

Uma das tendências, e que já é uma realidade, inclusive no Brasil, é o conceito “One Stop Shop”, onde diversos serviços são oferecidos num único lugar, levando as pessoas para o espaço e facilitando as suas vidas. É uma ótima ideia para que o cliente veja a sua agência como um local de convivência e não somente na hora da compra e no pós-venda. Portanto, apostar em entretenimentos, lazer e outras demandas será uma boa forma de conviver e conhecer melhor o seu cliente.

Um dos bons exemplos é uma agência de São Paulo que, além de oferecer produtos e serviços turísticos, tem um espaço que funciona como uma cafeteria gourmet que atrai para um bom bate-papo, apaixonados por viagens para discutir, inspirar, conversar, compartilhar e sonhar com viagens. Não é uma ótima oportunidade para conhecer o seu cliente?

Outra tendência é trazer a linguagem digital para dentro de sua loja física. Uma vitrine virtual convida o cliente, com um simples toque, pesquisar destinos, hotéis, serviços turísticos e até fazer a sua compra. Você pode trazer a internet para dentro de seu ponto de venda. Dá para instalar displays digitais nas vitrines ou no interior do estabelecimento, que podem ser desde aparelhos específicos para esse fim até tablets e celulares adaptados que facilita a vida do agente de viagens e que terá autonomia para finalizar a compra em qualquer local do ponto de venda. Estes equipamentos conferem flexibilidade, agilidade e praticidade à operação.

Você deve estar perguntando: No caso de uma compra, como será o meu controle de dados? Como garantir que smartphones, tablets, site, catálogos e lojas físicas contenham as mesmas informações sobre os produtos e serviços que a minha agência vende? A multiplicação dos canais de vendas acaba gerando um grande problema, mas já existem soluções. Basta você procurar junto aos seus fornecedores web, um sistema que cria uma central única de informações para abastecer todas as plataformas em que o seu negócio opera e, não esqueça, sempre com dados confiáveis e muita segurança.

E por falar em Banco de Dados, outra tendência é colocar um sistema de microposicionamento na sua agência que é um sistema capaz de captar consumidores em um raio de 150 metros. Ou seja, o sistema é capaz de detectar um cliente e manda mensagens para o seu smartphone com conteúdos relevantes sobre ele. Desta forma, você poderá enviar mensagens direcionadas, promoções especiais etc.

A indústria turística está transformando operadoras, consolidadoras, agentes de viagens e agências de viagens em verdadeiros especialistas em TI, capazes de oferecer ferramentas centralizadas, elaboradas especialmente para a atividade.

Portanto, meu amigo empreendedor, está na hora de escolher um bom parceiro de tecnologia. O papel principal de uma agência de viagens é e continuará sendo oferecer um ótimo atendimento ao cliente seja antes, durante e depois da viagem. Se a sua agência não oferecer isso, não terá nada, pois, hoje, o cliente está passível de ir direto para a internet e comprar, mesmo assumindo riscos.

Lembre-se que várias empresas do mercado estão atuando em vários “segmentos”. Vejam os casos dos metabuscadores investindo em reservas, do Tripadvisor lançando seu botão de vendas e de outros players que estão invadindo a sua área e que outrora era somente reservada à sua empresa.

Já está bem claro que não temos como esquecer o universo rico da tecnologia. Ela chegou definitivamente no mercado de turismo e se você é um agente de viagens que acha que o mercado ficou complicado, é melhor se preparar, porque com esse pensamento, a tendência é piorar. Não adianta ficar desesperado, ainda há tempo para mudar. Na realidade, a hora é agora! Portanto agente de viagens este será o assunto do próximo artigo. Aguarde…

Espero que você tenha gostado das dicas e se você quer emitir uma opinião, dar sugestões, receber maiores informações ou esclarecimentos de dúvidas, não hesite em deixar o seu comentário. Até Breve e…

Saúde e Sucesso Sempre!!!

 

facebook-profile-picture
Antonio Moreno
"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011
http://www.tradeclubenetwork.com

Deixe uma resposta

Top