Turismo de Luxo

Atualmente as tendências de qualquer mercado mudam rapidamente, e no setor de turismo, não poderia ser diferente. As tendências mudam mais rápido do que as próprias temporadas.

E no mercado de viagens de alto padrão, as expectativas também mudaram. Hoje, não basta apenas o destino, envolve muito mais elementos para satisfazer esse tipo de consumidor. Hoje a autenticidade e a simplicidade tomaram conta do mercado. As experiências memoráveis são as melhores lembranças.

Com a forte concorrência no mercado digital, as marcas de luxo têm cada vez mais dificuldade para se destacar na infinidade de catálogos e produtos oferecidos virtualmente. Várias empresas estão investindo no Marketing Experiencial (ou Experiential Marketing), que trata-se de um tipo diferenciado de promoção.

O primeiro ponto citado por especialistas é o investimento na consciência e humanidade. Um exemplo disso foi a ação da marca de conhaques Louis 13, que tem suas bebidas comercializadas a preços que ultrapassam R$ 20 mil. Após convite da empresa, o cantor Pharrell Williams gravou uma música para ser armazenada em um cofre de barro e que será lançada publicamente daqui a 100 anos. O objetivo, segundo os mentores, é chamar atenção para a importância da natureza, e a notícia teve impacto mundial.

Veja algumas tendências de viagens de alto padrão para 2018:

Na necessidade de escapar das distrações digitais do dia a dia, os viajantes estão entrando no túnel do tempo, para quando a vida era mais simples. A nostalgia está mais presente do que nunca, e o desejo é simplesmente voltar (ou conhecer) um tempo em que não se passava cinco horas por dia em uma mídia digital. E a literatura é uma ótima válvula de escape para essa loucura digital.

Se há algo que ninguém bota defeito é uma boa noite de sono. Novamente, a tecnologia deprava a qualidade do repouso da maioria das pessoas, e a ausência de descanso é praticamente uma epidemia no mundo todo. Portanto, uma tendência simples e descomplicada são os hotéis que proporcionam sono para ninguém botar defeito.

Os consumidores de luxo estão definitivamente atrás de viagens espirituais, e o boom da indústria de bem-estar é uma evidência da busca pela auto-descoberta. Porém, não basta oferecer apenas spa, yoga e meditação, pois não se trata apenas de relaxamento, mas sim de renascimento, inovação, novos pensamentos. Grandes e pequenas marcas estão disputando as experiências espirituais personalizadas e os momentos de “atenção plena” dos viajantes.

Na lista de experiências imperdíveis destacadas está o desejo por regiões pouco exploradas no Ártico, Alasca e Patagônia. A Islândia aparece no topo como tendência mundial, tendo como um dos carros-chefe a observação da Aurora Boreal, definida como “experiência única de vida”.

Na sequência está a vontade de explorar novas experiências, como nadar com arraias-jamanta, fazer um tour de helicóptero por uma paisagem exótica ou passar uma noite em um acampamento no deserto.

Outro motivo que leva os turistas a escolherem o destino é estreitar laços familiares, nicho estabelecido há alguns anos. Isso inclui aluguel de vilas na Europa, cruzeiro em Galápagos ou realizar um curso de culinária em grupo. Também aparece o desejo de desbravar a África em safáris na Botsuana ou passeios no Marrocos e as experiências imersivas, como cursos de idiomas ou artesanato.

Em destaque, aparecem os destinos fora do circuito tradicional do Turismo, incluindo países como Irã, Líbano, Ruanda e Islândia. Destinos que ganharam força no ano passado (2017) seguem firmes, como África do Sul, Japão e Portugal.

Um levantamento revelado pela Travel Leaders Group entre agentes dos EUA revelou os destinos mais procurados para viagens de luxo em 2018. Assim como no ano passado, a Itália ficou no topo da lista, com 34% dos entrevistados apontando o país como o mais vendido no segmento.

A Itália é o destino favorito para todos os viajantes que buscam experiências únicas, com opções enriquecedoras de gastronomia, vinhos, galerias de arte ou lojas de grife.

As tendências para o mercado brasileiro indicam que as viagens de aventura estarão em primeiro lugar, seguidas de viagens de celebração, roteiros exclusivos (com jatos privados, iates, entre outros) e viagens em família, seguidas de roteiros gastronômicos e cruzeiros, que aparecem empatados.

Os principais motivos para viajar serão o desejo de explorar novos lugares, descanso, enriquecimento pessoal, vivência de novas aventuras e estreitamento de laços com familiares e amigos. Os destinos favoritos pelos brasileiros serão Portugal, Itália, França, Estados Unidos e Japão, além da Islândia e África do Sul.

No topo dos destinos emergentes devem figurar Líbano, Irã, Ruanda e Cuba, Japão e Portugal. Em família devem fazer sucesso África do Sul, Portugal, Itália, Orlando, além de Austrália e Montanhas Rochosas, no Colorado. Especificamente nos Estados Unidos, aponta-se Nova York, Miami/South Beach, Los Angeles, Orlando e Montanhas Rochosas, Las Vegas e Napa Valley/Sonoma.

Os destinos de lua de mel que serão mais procurados serão as Ilhas Maldivas, Itália, Seychelles, Polinésia Francesa e Tailândia. Os millennials do Brasil optarão por Austrália, Tailândia e Tanzânia, Brasil, Costa Rica e Oman. Por último, as rotas de cruzeiros que deverão ser mais cobiçadas estão no Mediterrâneo, Alasca, Ilhas Gregas, Caribe, além de Amazônia e rios da Europa, empatados.

 

 

facebook-profile-picture

"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011

Deixe uma resposta