Você está aqui
Home > Artigos > Você já fez o seu Planejamento Estratégico para 2014?

Você já fez o seu Planejamento Estratégico para 2014?

planejamentoestrategico

Você já sabe o que vai fazer em 2014? Por quê? Quando? Como vai fazer? Que cenários a sua empresa vai criar e como vai se preparar para cada um deles? Como fazer um mapa de ações operacionais em busca das metas e objetivos traçados? Como quantificar, processar e integrar todas as variáveis do planejamento das vendas, orçamento para produção…? 

Preparar uma estratégia para o próximo ano não é uma tarefa fácil e é mais do que urgente! Copa do Mundo e eleições vêm incrementar um contexto de inflação e juros altos, propiciando resultados não muito atraentes. Portanto, já está na hora de começar a fazer as perguntas certas e se planejar!

Mais do que nunca, você empresário do turismo precisa aprender a pensar antecipando acontecimentos e tendências. Frases como “sempre foi assim”, “meu cliente está acostumado”, “as vendas estão bem assim” ou “em time que está ganhando não se mexe” nunca foram tão erradas e inadequadas.

As mudanças que estamos vivendo há pelo menos uma década estão cada vez mais velozes e o seu cliente adere a elas com a mesma velocidade e intensidade. O passado deve ser respeitado e celebrado, servir como aprendizado, mas não pode mais continuar ditando as regras.

Falta pouco para o início de 2014 e isso significa que você tem pouquíssimo tempo para decidir qual será a sua estratégia. Ou melhor, que você já tenha uma, afinal, sem um plano, as chances diminuem… Qual é o seu? Que oportunidades estão abertas no mercado? Onde estão os nichos que não vão sofrer tanto e que devem ser o seu foco? Quem mais vai precisar de você em 2014? O que é preciso aprender? Que erros têm de corrigir? Qual é o melhor investimento que pode fazer? Como você vai financiar as iniciativas? Onde estará sua atenção?

São muitas as perguntas… Elas fazem sentido para você? Modelos e processos estão aí para serem substituídos por algo melhor. E hoje, com o mundo mais perto e complexo, mais interligado e vulnerável, opções são jogadas aos montes em nossas mentes. Ficar parado pensando no passado é querer morrer com a empresa. E, às vezes, grandes exemplos do passado não cabem mais na realidade do mercado. O que é, ao mesmo tempo, bom e ruim. Uma boa empresa tem de ser boa no presente e no futuro próximo. Do passado, que tenham ficado boas lembranças.

Qual a tendência hoje? Segmentar? Pode ser que amanhã seja o oposto. E não haverá tempo de se apegar ao passado curto das novas tendências. O que é atender bem atualmente? Tecnologia ou boa comida? Pontualidade ou modernidade? Vender na internet ou vender tomando um café com o cliente? Não são tão fáceis as respostas. Mas elas estão mais no futuro que no passado. Não tente resolver questões de hoje com o que você fazia há dez anos.

Quais seriam as perguntas certas, então? Sejam quais forem elas, se você quer que 2014 seja um bom ano, está na hora de formulá-las. Se deixar para o início do ano, já estará perdendo um tempo precioso… Aquele que você não tem. 

Crescer de forma acelerada em uma conjuntura adversa requer inteligência. Requer uma estratégia que respeite as oportunidades do mercado e a capacidade de execução da empresa. Ou você vai se enrolar para botar ela de pé. Tem que ser executável pelas pessoas que você tem e deve aproveitar os pontos fortes da sua operação. Ao mesmo tempo, precisa surpreender clientes e competidores. Para fazer você sair na frente.

Um bom plano é aquele que escolhe a direção correta, aponta a empresa em direção a ela, alinha e sincroniza os esforços na direção escolhida e otimiza os recursos existentes. Mas isso ainda não é suficiente. Além de ser tecnicamente bem construído, um bom plano precisa ser também empolgante, gerar entusiasmo. Excitação e vontade de fazer. Engajar mentes e corações. E, desta forma, aumenta suas chances de sucesso. Portanto, olhe para frente e comece a pensar em soluções com a cabeça livre, sem preconceitos. Ao achá-las, compartilhe-as. Mas também ouça. Aceite ideias inusitadas, aceite mudar. Com pés no chão ou com ousadia, não importa. Apenas não resista. Será inútil.

Construir um plano estratégico não é tarefa para amadores. Requer técnica e estudo. Um dos erros que mais observo entre os empreendedores é achar que, como conhecem a direção para onde vão, sabem também como desenhar o plano e conquistar a motivação das pessoas. E isso nem sempre é verdade.

Como você, empreendedor, vai construir seu plano para 2014? Vai improvisar ou usar este momento para saltar na frente, surpreender a concorrência e encantar os seus clientes? 2014 será apenas mais um ano ou o ano que, realmente, será definido o sucesso da sua empresa? É algo que está em suas mãos!

facebook-profile-picture
Antonio Moreno
"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011
http://www.tradeclubenetwork.com

Deixe uma resposta

Top