Walking Tour

Uma nova forma de turismo que ganhou destaque no Brasil. Os passeios são realizados em pequenos grupos que andam pela cidade para contemplar os atrativos culturais e naturais do destino.

Walking Tour significa “passeio a pé”. Essa modalidade permite que os turistas tenham maior vivência da cultura local. Os passeios são realizados me pequenos grupos que andam pela cidade, seguindo um roteiro predefinido a fim de contemplar os atrativos culturais e naturais do destino visitado.

Essa dinâmica é mais uma opção para os empreendedores do setor para atraírem os turistas e potencializarem os seus negócios.

O conceito do Walking Tour teve origem em 2004, em Berlim, e desde então tem se disseminado para vários países. No Brasil, os passeios realizados a pé são mais fáceis de serem encontrados em Curitiba, no Rio de Janeiro, Paraty, Porto Alegre, São Paulo e Salvador, mas a tendência é de que a proposta se espalhe para mais cidades turísticas do país.

Esse é um conceito cada vez mais comum no mundo, uma alternativa ao passeio turístico tradicional, que atende ao perfil de um turista que quer ser cada vez mais independente e deseja ter a sensação de desbravar novos destinos. 

Roteiros baseados no Walking Tour 

Como funciona? O dia a dia apressado faz com que as pessoas não observem os traços e movimentações que ocorrem nas cidades. O Walking Tour é um convite para andar a pé e conhecer esses lugares, que não são necessariamente turísticos, mas têm algum valor arquitetônico, cultural ou histórico e passam despercebidos pelos turistas.

A dinâmica do Walking Tour é diferente dos passeios tradicionais. Geralmente o passeio, que é feito a pé, tem início em um ponto de encontro pré-estipulado, próximo das atrações previstas nos roteiros. Assim, o turista precisa se deslocar até o lugar escolhido.

Os roteiros contemplam patrimônios históricos e cenários naturais, e são guiados por um ou mais profissionais que revelam características, história, personalidades e curiosidades locais. 

Os roteiros podem ser diversificados, incluindo atrações culturais, históricas, naturais, gastronômicas e de lazer. Para saber mais sobre o que incluir no passeio, é preciso estudar o público-alvo, as condições e os recursos do local. Além disso, as rotas escolhidas devem ser interessantes e atrativas, mas também lógicas e práticas, evitando desperdiçar tempo com idas e vindas dispensáveis. É preciso deixar claro na divulgação do passeio as características e a intensidade do roteiro – se será de fácil acesso e qual o tempo do percurso. 

Quanto custa? Em geral, não há um preço determinado para cobrança da atividade, mas ao final do trajeto é sugerida uma gratificação aos profissionais que conduziram o passeio. Não são estipulados valores; cabe ao turista decidir quanto deseja pagar.

Destaque: Para os viajantes que muitas vezes contam com recursos limitados, essa é uma ótima oportunidade de conhecer melhor o local visitado, sem gastar muito. Para os empreendedores, é uma chance de divulgar seus negócios, utilizando o popular “boca a boca” feito pelos turistas que compartilham suas experiências.

Oportunidade: Geralmente, os passeios são feitos em grupos, sem cobrança de tarifas fixas. No entanto, os empreendedores podem promover tours pagos ou particulares, que usufruem de algum serviço do lugar, como transporte, almoços/lanches, travessias de barco ou alternativas de lazer. Nessa proposta, os passeios são solicitados por turistas que buscam itinerários específicos e personalizados.

Diferenciais:

  • Em caminhos mais longos, podem ser utilizadas bicicletas para facilitar o deslocamento entre um atrativo e outro.
  • É possível distribuir mapas gratuitamente para os participantes, com informações sobre os percursos, além de dicas de restaurantes, lojas de souvenires e atrações culturais. Essa é uma ótima forma de divulgar os negócios.
  • Para os participantes, também podem ser oferecidas promoções em estabelecimentos parceiros, do tipo pague 1 e ganhe 2, ou taxas de 10 e 20% de desconto. 

Organizadores: Os responsáveis por guiar o passeio devem ter bastante conhecimento sobre o local percorrido. Por isso, estudar a história da região é fundamental. Envolver profissionais nativos também é uma forma de enriquecer e ampliar as informações que serão repassadas aos turistas. 

Importante! Esse tipo de passeio é bastante procurado por estrangeiros, pois essa é uma prática muito adotada em outros países. É fundamental que os guias sejam bilíngues, a fim de atender esse público. Outra alternativa é incluir mais de um guia no percurso e disponibilizar duas interações – uma com guia dialogando em português e outra em inglês ou na língua demandada pelos turistas.

Outro fator importante, que agrega valor e confiabilidade aos passeios a pé, é a participação de guias credenciados. Aos profissionais que prestam esse serviço e não são credenciados, essa é uma maneira de formalizar suas atividades. O Cadastur faz esse cadastro. Para os empresários que organizam Walking Tour e desejam contratar guias, o Sindicato Estadual de Guias de Turismo do Rio de Janeiro oferece um sistema de busca.

Estabeleça parcerias com negócios da região. Dessa forma, todos os envolvidos são beneficiados. Seus clientes ganham desconto ao consumir nos estabelecimentos parceiros, e estes ganham mais notoriedade. Além disso, você conseguirá atrair mais clientes devido à divulgação de descontos e parcerias.

Os passeios baseados no Walking Tour valorizam muito os patrimônios históricos das cidades. Mas, além de saber atrair o público por meio de importantes acontecimentos sociais, econômicos e políticos de uma cidade, que tal possibilitar que ele tenha uma experiência diferenciada, com um envolvimento maior com a cultura local? A Tradeclube Network produziu os artigos: Turismo Histórico e Turismo de Experiência, que reúnem informações fundamentais para a união desses dois tipos de turismo.

Fonte: Sebrae Inteligência Setorial

 

facebook-profile-picture

"O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem" Consultoria e Assessoria. CEO do Grupo Tradeclube Soluções. E-mail: antonio@tradeclubenetwork.com WhatsApp: 55-21-98117-2011

Deixe uma resposta